quarta-feira, 17 de abril de 2013

Dúvida que não quer calar: dá para viver com dinheiro de au pair?

Já recebi vários e-mails de futuras au pairs me perguntando sobre isso e, posso confessar: essa era a minha grande dúvida também!


Como eu já expliquei aqui, na França as au pairs ganham no mínimo 75 euros por semana. Mas isso é realmente um mínimo exigido por lei e a negociação depende da família. Tem menina que, além disso, tem seu próprio estúdio e/ou que recebe ajuda para os estudos de francês, ou que tem mais semanas de férias do que o exigido no contrato... bom, realmente varia.

No meu caso, meu salário por semana era um pouco a mais do mínimo, mas mesmo assim ainda apertado, como toda au pair vive. A boa notícia é:


SIM, VOCÊ PODE VIVER COM O DINHEIRO DE AU PAIR!

Eu particularmente nunca recebi ajuda dos meus pais durante meu período aqui. Viajei para vários países, comprei algumas roupinhas, saí várias vezes e sou muito feliz. O segredo? Economizar!
Comprar roupas no período de soldes/sales, saber guardar dinheiro, saber que numa boate um drink custa de 7 a 9 euros e uma garrafa de vinho custa 4. Então melhor fazer esquenta com os amigos e dançar a noite toda (pois a maioria delas aqui é entrada FREE). Enfim, cada um faz seu plano e pode muito bem viver por aqui.

Coisas muito caras por aqui, só para você se preparar: esmalte, sapatos, comida (por isso eu sempre preferia sair depois de comer em casa, ou fazia sanduíches quando ia passar o dia todo fora. É, tem que ser mão de vaca às vezes); curso de francês.

Então, para você que estava aí pensando se vem ou não, cash não será seu problema. =)

Boa sorte, sempre!

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Mochilão de verão pela Itália #5: Florença

Eu preciso começar dizendo que Florença é uma das minhas meninas de ouro do meu mochilão na Itália. Foi onde eu passei lindos momentos, comi uma das melhores comidas e fiz super amigos. Florença é, em suma: LINDA!


obs: durante os posts do mochilão você vai notar nas fotos a minha inegável mudança de peso. Mas valeu cada grama de felicidade! Depois, na França, eu voltei ao normal =P

Bom, Florença prometia muitas coisas, pois seria a cidade em que íamos testar o famoso Couch Surfing. Notou a conjugação verbal? É, não rolou infelizmente. =/ O cara que a gente tinha escolhido tinha vários rates positivos e parecia confiável; ficou falando com a gente o tempo todo até o dia anterior; mas depois deixou a gente torrando no sol e não apareceu. Mandou mensagem horas depois, mas francamente... uma decepção. Infelizmente, para mim o couch não funcionou.

Ficamos um pouco decepcionadas de cara porque toda essa história nos custou valiosas horas que não pudemos fazer o bate-volta em Pisa, já que estávamos procurando um hostel para podermos dormir.

Quem nos salvou foram 2 grandes amigos, do Couch também (mas que não podiam hospedar ninguém) e que se disponibilizaram a nos mostrar a cidade.


Mas fica a dica:
1# Quando for à Florença, faça um bate-volta até Pisa.
Não vale a pena gastar muito tempo lá porque a única coisa interessante mesmo é a Torre. =)

O que vimos por lá? Há muito para se ver em Firenze (nome em italiano), mas o que é mais legal é que não importa para onde você olhe, tudo é bonito neste lugar.

Passamos na 2# Duomo de lá, a Catedral Santa Maria Del Fiore. É super bonita por fora. Hahah anote bem esse detalhe: por fora. Porque por dentro não tem quase nada e não sei se vale as horas de fila. A entrada é gratuita então, em alta temporada, é melhor chegar cedo.




Cheia de detalhes, vale contemplar bastante.


A fila demorou tanto, que fizemos amigos nela! =D



 3# Galeria Uffizi (você pode comprar os bilhetes em oferta com outros lugares ou museus de Florença). É super bonita e GRANDE. A gente achou que não ia dar tempo de ir e acabamos tendo a infelicidade de ter que comprar na hora os ingressos. NÃO faça isso. Resumo? Horas e mais horas de fila. Mas a galeria vale muito a pena. É algo para se fazer antes de morrer.




Fica a dica que a famosa estátua de David, do Michelangelo (essa ó), fica na Galeria Accademia e não nesse museu. Tem uma réplica na Praça em frente e você pode ser feliz tirando fotinhas. =)

 4# Piazzale Michelangelo. Ela fica lá bem alto e um pouco longe do Centro Histórico, mas tem uma vista toda especial. Também vale a visita, mas o sorvete vendido lá em cima é caro e nada bom. =P






 5# Coma muita massa! Uma das melhores que já comi em toda minha vida. É, desculpe, mãe =/





Este é o restaurante que comemos quase todas as vezes, de tão bom: Trattoria Marione.





Um dia na sua vida, você tem que experimentar um Limoncello geladinho. Ai, delícia!



 6# Vino di casa Depois de massa, os italianos são excelentes produtores de vinho. Pode optar pelo vinho da casa sem medo. Normalmente ele será delicioso e bem baratinho!


Enfim, há muito para se ver em Florença. Se eu soubesse de tudo, tinha reservado mais dias. O que eu recomendo sempre é: compre todos os ingressos antes, pela internet e nunca deixe de pesquisar sobre o lugar para organizar a sua viagem.

Florença, um dia eu volto! =*



quarta-feira, 6 de março de 2013

Radio hits Paris =)

Atendendo à um pedido especial da Denise (=*), e de alguns outros leitores/amigos, segue uma listinha do que hoje toca na rádio aqui da França.


Aqui eles tem uma lei para controlar a porcentagem de música internacional, para valorizar a música francesa. Acho justo! Então privilegiei aqui também as francesas e coloquei só algumas internacionais. Mas lembre-se: isso não é gosto pessoal, eu tentei misturar um pouquinho de vários estilos, tentando agradar gregos e troianos, sabe? ;)

Francesas:

#1 Dis Moi Tout - Adict 


#2 Wati House - Sexion d'Assaut



#3 J'ai laissé derrière moi - Laurent Lamarca



#4 Rien n'est Parfait - Tal



#5 Je ne sais pas - Florent Mothe


#6 Pas besoin de toi - Joyce Jonathan


#7 Mon Loup - Laura Cahen





Internacionais

#1 One DayAsaf Avidan 



#2 Skyfall - Adele



#3 Locked out of heaven - Bruno Mars (adoro! =P)



#4 I cry - Florida



#5 Baila Morena - Lucenzo



#6 Balada - Gustavo Lima haHaHAhaHaHAHAhaHa!



#7 People help the people - Birdy



Bom, das estrangeira vocês já devem conhecer várias, pois é tudo meio parecido/importado.

Enjoy, guys! ;)

OBS: Colegas au pairs France, podem adicionar mais dicas nos comentários, stp! =*

terça-feira, 5 de março de 2013

Mochilão de verão pela Itália #4: Veneza

Continuando nossa super cruzada italiana, o próximo destino é encantador: a doce e envolvente Veneza. Preparado?


Confesso que foi a nossa primeira grande empolgação: meldels a gente estava a caminho de uma cidade conhecida pelo seu romantismo, cheia de canais maravilhosos e uma das mais famosas da Itália. Quanta expectativa!

Chegamos empolgadíssimas no sábado à noite e da estação mesmo você já acha tudo lindo, exceto pelo calor quente e úmido que deixa as coisas um pouco colantes haha. =P

Daí vem a Primeira dica importante sobre Veneza:
Se for para chegar num final de semana, tente a sexta à noite ou o sábado um pouco mais cedo e aí poderá curtir algumas festas/bares/bagunças. Por quê? Muitos hostels tem toque de recolher (o nosso aqui tinha) e fato que depois de uma certa hora (não tão tarde assim), você não vê mais ninguém nas ruas. Infelizmente chegamos "tarde" no sábado (por volta das 22h) e não aproveitamos muito. =/

#dica degustativa: Bellini, um coquetel 100% veneziano, com espumante prosecco italiano (claro) e polpa de pêssego branco. Tem que tomar o feito na hora, porque o que vem pronto não vale nem um centavo. Eca!


Segunda dica importante sobre Veneza:
Por falar em degustar, não é bem em Veneza que você vai se acabar num prato de massa italiana. A cidade é MUITO turística e os restaurantes não capricham muito. =( Então, se estiver num mochilão, aqui é um bom lugar para economizar na alimentação. Aliás, foi em Veneza que comi a pior pizza da minha vida, nem a MEGA fome deixou ela gostosa. =S


Terceira dica importante sobre Veneza:
Essa dica é, na verdade, um pouco pessoal (e acho que alguém pode até querer me linchar por isso), mas... para mim, Veneza não é romântica. Eu acho que ela pode ter sido sim, mas agora é tão cheia de turistas (pelo menos no verão) que incomoda. A gente passeia pelas ruas e os vendedores quase te obrigam a entrar nas lojas e restaurantes. Muito chato. Eu também me decepcionei um pouco com a falta de zelo dos prédios. Sei que a água é a grande culpada por essa deterioração, mas o turismo é tão forte que Veneza merecia um carinho especial.


Quarta dica importante sobre Veneza:
Para ver a Basílica de San Marco no verão, vá cedo (madrugue!) e com paciência. Tem MILHÕES de pessoas na fila. A entrada é gratuita, mas não conseguimos nem chegar perto da porta.
Vimos a Ponte Rialto e seu mercadoPalazzio Ducale, Torre Dell Orologio, Ponte Del Suspiro, Campanille e companhia. Veneza pode ser feita à pé com facilidade porque é pequena; com 2 dias por lá, decoramos todos os caminhos!


Quinta dica importante sobre Veneza:
Faça o passeio de gôndola! Clichê? Sim! Caro? Sim, mas tem como negociar. Imperdível? Sim, mil vezes. Esse passeio transformou minha visão sobre Veneza para algo muito mais lindo do que eu tinha percebido na parte de cima da cidade. Ali, na gôndola você consegue sentir a verdadeira Veneza, conhece sua história e ainda ouve as canções do gondoleiro. Ai, que perfeito!


Sexta dica importante sobre Veneza:
As máscaras são maravilhosas. Se você é fã disso, ali é o lugar perfeito. Eu adoro o mistério e a sedução das máscaras de Veneza, o que eu não gosto é do preço exorbitante. =/


Sétima dica importante sobre Veneza:
Esta deveria ser a primeira dica, mas deixei como sétima maravilha: o gelatto. Como em toda a Itália, se acabe pois ele é PERFEITO e baratíssimo. Eu começava com um logo depois do café da manhã! =B

video

Veneza foi mesmo inesquecível e eu recomendo fortemente a visita embora Paris continue sendo, para mim, a cidade mais romântica do mundo! ;)

Para fazer mais um pouquinho de vontade, um pedacinho do nosso passeio de gôndola e o som do mar:

video

video
<3



terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

O dia em que eu fiquei um pouco famosa

Gente, é com muito prazer que anuncio que farei parte da equipe do Blog das 30 Au Pairs. Fui convidada pelas meninas e aceitei super contente. Yay! \o/


O blog tem o intuito de, obviamente, ajudar as pobres de informações au pairs e compartilhar nossas experiências, mas com uma ideia suuuuuuuuper bacana: cada au pair escreve num dia do mês, assim as informações ficam bem diversificadas, com meninas de todos os cantos do mundo aupariano.
#Ficadica. Aliás, todas escrevem super bem ;)!

O meu dia será o 12. E minha estréia será bientôt, em março! =D


Aguardo audiência por lá tbm =*